INCLUSÃO: THE KILDONAN SCHOOL. APRENDENDO A AMAR A ESCOLA NOVAMENTE

IMAGEM DO LOGO TIPO DA KILDONAN SCHOOL

 

THE KILDONAN SCHOOL. APRENDENDO A AMAR A ESCOLA NOVAMENTE

Um acampamento para alunos com dislexia tem ajudado vários jovens a alcançarem o sucesso acadêmico.

A base do programa  é o método Orlon-Gillingham que é uma abordagem de linguagem multissensorial, estruturada, sequencial, cumulativa,cognitiva e flexível a qual vem sendo considerada uma das mais eficazes no caso da dislexia.

Os campistas se reúnem com tutores, que possuem formação para o uso deste método, em sessões diárias de uma hora nas quais aprendem hábitos de estudo com profissionais treinados.

Digitação e tecnologia assitiva estão disponíveis aos alunos e é usado testes padronizados  para avaliar o progresso. Os alunos tem aulas de matemática, português mas, além dos estudos, podem escolher entre uma variedade de atividades como: canoagem, cerâmica, mountain bike, dança, fitness, passeios a cavalo, rafting, natação, tênis, artes visuais, dança, caminhadas, esqui aquático, futebol, beisebol, basquete, capturar a bandeira (comum nos EUA) e golfe.

Os tutores  são treinados e realizam estágios depois do curso.

O KILDONAN foi fundado por Diana Hanbury King,  em 1969, para alunos de inteligência média ou acima da média  que lutam contra a dislexia.

Os alunos veem para o Kildonan com uma vasta gama de competências linguísticas onde realizam a tutoria e é construído um calendário acadêmico que permite que as necessidades individuais de cada aluno sejam respeitadas e continuamente avaliadas e monitoradas.

Eles não perdem tempo com as perguntas dos colegas, não lidam com matérias demasiadamente difíceis e não tem nenhum embaraço em se apresentar na frente das pessoas.

Os interesses e pontos fortes de cada aluno fornecem a direção para a instrução. A escola utiliza a abordagem Orlon-Gillingham, com base em evidências e práticas validadas ao longo dos anos de investigação científica. O Kildonan é credenciado pela academia Orlon-Gillingham dos médicos de clínica e educadores.

Pessoas com dislexia são aquelas que,  em salas de aula tradicionais, lutam com os elementos do nosso sistema de linguagem. O cérebro do disléxico está ligado de tal forma que o habitual caminho para a leitura e escrita funciona  de forma diferente.

Estas diferenças, contudo, trazem consigo vantagens na compreensão das relações visuais e espaciais, na capacidade de fazer conexões entre ideias diferentes para ver uma  grande figura e para  trabalhar com uma gama diversificada de pessoas.

No Kildonan, desenvolve-se um programa acadêmico para tratar cada aluno e desenvolver dons e talentos especiais, que cada um possui, dentro de um programa estruturado, sequencial e individualizado o qual é centrado no aluno reconhecendo as lutas  únicas e os pontos fortes de cada um. Isto permite que eles ganhem a confiança que precisam para serem bem sucedidos.

Ouvir, ler, escrever, lidar com a gestão de tempo e organização são as competências que não são fáceis para alunos com dificuldades na área da linguagem. Estas necessidades são abordadas diretamente na tutoria  e as aulas são sobre exploração de ideias, construção do conhecimento, o criar e colaborar.

As turmas são pequenas e possibilitam a conexão entre os alunos e professores permitindo, desta forma, a individualização, a discussão, desenvolvimento da pesquisa, escrita e habilidades  de discussão.

As aulas são multissensoriais e baseadas em indagações e tecnologias apropriadas para darem, aos alunos, oportunidades de ter sucesso e alcançar o seu potencial acadêmico completo.

Nos anos elementares o currículo é focado no trabalho individualizado, tutorias de linguagem e assuntos  incluindo literatura, matemática, história, ciências e artes que são ministradas em turmas pequenas.

Eles desafiam os alunos a pensarem de forma independente e criativa através do uso de todos os seus sentidos para observar, avaliar e colaborar efetivamente para resolver problemas numa sala de estudos diária na qual os alunos trabalham, em projetos, as habilidades práticas e a independência.

Por se localizar em um campus, a escola oferece amplas oportunidades para o trabalho de campus e viagens. Durante a sua escolarização, enquanto os alunos estão aprendendo e se desenvolvendo, os professores avaliam regularmente o desenvolvimento de sua linguagem e habilidades de leitura para determinar a colocação no ensino médio mais adequado que pode ser o kildonan  Middle school ou outro de  caráter público ou independente.

Durante os anos de ensino médio, eles consideram mais importante ensinar aos alunos a esperarem muito de si. Os currículos acadêmicos são desafiadores, e baseados em projetos, meio ambiente e no reconhecimento das necessidades sociais e emocionais.

É possível elaborar um plano acadêmico para cada criança se eles estiverem na escola desde os anos elementares ou apenas se juntando a escola no ensino médio. Para os alunos de ensino médio, o programa  pode incluir atividades de final de semana adaptadas para as necessidades curriculares, sociais e emocionais específicas de um estudante de ensino médio.

A tutoria assume uma nova dimensão, no ensino médio, quando o desenvolvimento das competências linguísticas  se fundem  com a pesquisa e escrita  e com  as habilidades avançadas de que necessitam para  a universidade ou profissionalização.

Os planos de aula vão além da morfologia da palavra incluindo, desta forma, grego e componentes da palavra latina os quais são importantes para o vocabulário. Os cursos de matemática variam desde a matemática básica até aulas avançadas as quais incluem opções não tradicionais. As tarefas diárias visam a aquisição de conhecimentos e habilidades.

As ciências são ensinadas com uma perspectiva de inquérito de base os quais incluem temas como saúde, corpo humano, biologia, química, física e ciência do ambiente. Os alunos teem aulas de literatura americana, do mundo e sênior que se concentram na apreciação e análise de romances, contos, teatro e poesia.

A escrita, pesquisa, vocabulário e habilidades de discussão desempenham um papel central no currículo da literatura. Nos cursos de estudos globais, eles estudam a história americana, governo e economia e ensinam os alunos a identificar e analisar os acontecimentos e as  atitudes de várias culturas,ao longo do tempo e como fazer conexões entre eles.

Quando os alunos se formam eles são maduros, confiantes, competentes e preparados para ter sucesso na faculdade. Eles entendem como eles aprendem, aprendem a gerir o seu tempo de forma eficaz e são motivados para enfrentar os desafios que temos pela frente.

Uma característica fundamental do programa é a formação individualizada e que possam usar a tecnologia para lidar com as demandas do ensino médio e superior. Na escola eles usam speech to text, dispositivos eletrônicos de mapeamento e outros softwares especializados disponíveis.

A tecnologia assistiva vai além do laboratório de treinamento criado. Existe um uso seletivo da tecnologia nas sessões de tutoria e na classe que ajudarão o aluno a ler, escrever , organizar as ideias e  sintetizar informações, mais facilmente, bem como ter a confiança para a construção e capacitação para prosperar.

Apresentações de vídeo e gravações são comuns nas aulas explorando as tecnologias para ajudar os alunos a alcançarem seu potencial. Os alunos usam e são treinados para o uso do co-wreler, dragon naturally, software ginger, Kurzweil 3000, flash, e outros softwares.

As artes nãos são apenas uma atividade extracurricular, e sim, uma parte integrante da abordagem para desenvolver  os pontos fortes dos alunos. Em um estúdio, os alunos se familiarizam com a arte como linguagem visual e exploram formas criativas de pensamento e resolução de problemas que são relevantes no estúdio de um artista.

Os alunos são incentivados a perseguir a arte depois de deixar o Kildonan. A música também é vista como uma ferramenta de aprendizagem crítica, particularmente, no ensino elementar onde as aulas formais de música são oferecidas como parte do currículo.

Cantar melhora o vocabulário dos alunos, a oralidade e a autoconfiança.  Ao tocar um instrumento musical ele constrói e fortalece padrões de sequenciamento, habilidades motoras finas e memória.  Os alunos podem, após a escola, estudar um instrumento ou voz por meio do departamento de artes. O currículo inclui  teoria musical e classes adicionais podem ser adicionadas, ao currículo, com base nos interesses dos alunos.

As conexões visuais, muitas vezes, fortalecem a capacidade de um aluno disléxico de reter e recordar a informação baseada na linguagem. O visual learning Center, cria e implementa materiais visuais  para cursos  e salas de aula os quais são projetados para melhorar a aprendizagem e para atender as necessidades específicas dos estudantes e professores.

Os estudantes formam ligações rapidamente. Eles compartilham sentimentos comuns, uns com os outros, trabalhando juntos em uma equipe esportiva, num conselho infantil ou realizando projetos.

É comum ver um professor de matemática  almoçando com um estudante, um treinador indagando como vai o projeto de inglês de um jogador e um tutor aplaudindo vigorosamente quando seu aluno faz a primeira corrida.

Compartilhando uma diferença de aprendizagem, eles criam um sentimento de afinidade ente os estudantes  que se traduz em um sentimento para a comunidade em geral.

Colocar a responsabilidade social  em prática, para todos os graus de ensino, faz com que os alunos participem de uma série de serviços da comunidade e em projetos de construção dentro e fora do campus incluindo: projeto impacto (projeto de serviços comunitários a base do campus), projeto eye-to-eye (ver), comerstone projetos (ajudando a iniciativa de construção de uma escola na África), em programas de conservação ambiental, visitando asilos locais e na manutenção da horta comunitária.

No projeto eye-to-eye, os alunos do curso Junior e sênior viajem, a cada semana, para uma escola local onde eles trabalham juntos para completar um projeto de arte organizado.

Atividades ao ar livre são incentivadas. Na escola primária é utilizada  a integração de atividades físicas para o dia escolar. Alunos do ensino médio são encorajados a participar de esportes  e atividades de fitness. Eles competem com outras escolas e, a equipe de futebol da escola, foi invicta em 2011 e a de basquete teve bons resultados.

Seja qual for o esporte, os alunos do Kildonan descobrem e desenvolvem os seus takentos naturais. Habilidades se desenvolvem durante o período de esportes e, de volta a tutoria, usam estas habilidades para auxiliar seu progresso na capacidade da linguagem.

No Kildonan, os alunos adoram a mistura de independência e supervisão e os pais amam o ambiente seguro e carinhoso. O campus está localizado a 90 Km de Nova York.

Tradução da fonte original:

http://www.kildonan.org/

 

ativi614

Grupo formado por professores para divulgação de trabalhos na área da educação especial.