INCLUSÃO: AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM

IMAGEM DE UM COMPUTADOR DE ONDE SAI VÁRIAS REDES

 

AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM

Os ambientes virtuais de aprendizagem podem ser definidos como um ambiente de aprendizagem que tem a capacidade de oferecer condições de aprendizagens aos alunos.

Dentro deles, alunos e professores podem utilizar os fóruns, chats, compartilhamento de documentos e ferramentas de avaliação os quais permitem oportunidades didáticas de maneira semelhante aos outros espaços educacionais.

Não podemos esquecer que estamos em uma era de conectividade onde as tecnologias de informação e comunicação ampliam o acesso ao conhecimento e aproximam as pessoas. Em um ambiente virtual de aprendizagem a organização curricular é disposta de forma sistemática, com roteiros de aprendizagem pré-definidos para cada disciplina, dando a oportunidade de estender as atividades para fora da sala de aula.

Esta nova estrutura  disponibiliza um novo espaço para o desenvolvimento de abordagens educacionais mudando as concepções que tínhamos sobre o processo de ensino e aprendizagem pois este extrapola o ambiente físico da sala de aula e da escola.

Com o uso de ebooks, livros didáticos virtuais, audiobooks e outros recursos podemos respeitar as necessidades individuais de cada aluno. Estes são recursos educacionais os quais podem trabalhar os conteúdos específicos de uma disciplina com uma sequência didática. Pelo seu formato, eles possibilitam ainda que sejam usados em sequência ou em partes oferecendo informações multimídia, recursos interativos e atividades avaliativas.

Estes recursos tornam a atividade mais significativa pois cria um conflito cognitivo mais poderoso que uma aula expositiva. A gestão de informação e os recursos diferenciados estimulam a curiosidade e fomentam a participação.

Quando um professor usa imagens e movimentos nas suas aulas eles facilitam a aprendizagem dos alunos pois estes podem observar uma sequência completa e não só fotografias que mostram as partes intermediárias de um evento como é disponibilizado nos materiais impressos.

O uso de simuladores permite recriar situações reais de maneira virtual onde o aluno entra em contato direto com os fenômenos  que estuda  podendo modificá-los e atuar sobre os mesmos. Desta forma, os alunos  desenvolvem um novo conhecimento e não se limitam a reproduzir enunciados que acabam não entendendo.

Quando corrigimos uma atividade no quadro, a qual foi enviada como tarefa para casa, nem toda a classe aproveita pois os alunos perdem alguns passos da explicação ou o conjunto da exposição. O tempo de realização em casa até a correção em sala de aula deixa uma lacuna temporal a qual não utiliza o erro e o acerto como uma alavanca para a aprendizagem.

Em uma aula virtual ou através do uso do computador, a correção ocorre em tempo real e o aluno pode repetir a atividade quantas vezes quiser. Isto ajuda o aluno a autorregular a sua aprendizagem e a realizar um intercâmbio de informações e de opiniões.

 

ativi614

Grupo formado por professores para divulgação de trabalhos na área da educação especial.