INCLUSÃO: A EDUCAÇÃO NO MUNDO TECNOLÓGICO

um-menino-e-uma-menina-sorrindo-um-de-cada-lado-co-computador-mexendo-no-mouse.jpg July 4, 2014 256 × 141

A EDUCAÇÃO NO MUNDO TECNOLÓGICO

 

O mundo atual exige mudanças nos paradigmas educacionais tornando-se, imprescindível, reformas educacionais que ajustem a formação de nossos alunos às novas exigências da sociedade globalizada na qual estamos inseridos.

 
O processo de globalização pelo qual estamos passando trouxe transformações de ordem política e econômica e, certamente, este não é uma tendência passageira, e sim, um processo irreversível onde estamos rompendo barreiras que acabam se tornando uma possibilidade de crescimento para todos.

 
Dentro deste processo, estamos vivenciando uma evolução tecnológica crescente a qual encurtou as distâncias, facilitou o acesso a informação e, como resultado disto, está exigindo da escola mudanças de ordem pessoal, profissional, educacional, social e cultural.

 

Para acompanhar estas mudanças e esta evolução temos que começar a rever as nossas posturas pessoais e profissionais, estratégias de ensino que usamos, as atitudes que tomamos frente a diversidade, nossos valores e, acima de tudo, as nossas ações.

 
A era dos especialistas está chegando ao fim. A sociedade atual quer indivíduos que saibam pensar, criar, solucionar conflitos e resolver problemas usando suas habilidades e competências para realmente fazerem a diferença.

 
Atualmente, os nossos alunos necessitam aprender a ser, a conviver, a fazer e a aprender.

 
Aprender a ser significa agir com autonomia, solidariedade e responsabilidade.

 
Saber conviver no sentido de ter a capacidade de comunicar-se, de interagir, de decidir em grupo, cuidar de si, dos outros e do lugar onde vive além de valorizar o saber social.

 
Saber fazer no sentido de praticar os conhecimentos adquiridos para entrar no mundo de trabalho moderno e competitivo.

 
E, principalmente, aprender a aprender como forma de adquirir as habilidades de leitura, escrita, expressão oral, cálculos e resolução de problemas nas suas mais diferentes formas de aquisição e expressão.

 
O desafio da educação atual não é acumular conhecimentos, e sim, saber aproveitar estes conhecimentos e enriquecê-los em um mundo que está em permanente mudança.

 
Ao longo da história a escola tem sido vista como um local de transmissão de conhecimentos adquiridos e repassados, de geração para geração, com base em currículos pré-estabelecidos, rígidos e inflexíveis.

 
Esta visão fez com que a escola entrasse em uma rotina nada atraente onde vícios acabaram crescendo e os direitos de todos deram lugar aos privilégios de alguns. Por outro lado, a rigidez imposta por esta visão tradicional, não dá lugar ao criar, recriar, e apreciar.

 
Desta forma, em muitas situações, a educação não tem sido vista como uma construção e reconstrução permanente do processo de ensino e aprendizagem. Para mudar esta situação os professores necessitam ter um novo olhar em relação à escola, ao ensino e ao aluno além de ter energia, perseverança, estar aberto para correr riscos, mudar, inovar, acreditar, experimentar, refletir, intervir e mediar.

 

ativi614

Grupo formado por professores para divulgação de trabalhos na área da educação especial.